Notorious B.I.G. & Michael Jackson por Leandro Lopes

Quando o rapper Notorious B. I. G. ‘‘tremeu na base’’. ‘‘Para preparar a sessão com o rapper Notorious B. I. G. foi meio assim… Michael costumava chamar as pessoas e convidá-las para participar em álbuns. De qualquer forma, eu ouvi rumores de que B.I.G. iria vir e eu estava animado com isso!


Então, Dallas e eu estávamos esperando por ele a qualquer momento e, ao chegar, Notorious era uma figura bastante imponente, visto ele ser bastante popular na época. Eu não tinha ideia do que esperar dele em termos de atitude, mas ele parecia estar bem quando entrou.
Mas quase imediatamente, ele deixou escapar: “Ei, Dallas, eu posso conhecer o Mike?”
Dallas respondeu que achava que sim.


B.I.G. passou a falar sobre o quanto esta oportunidade significava para ele, como Michael era seu herói. De qualquer forma, Dallas disse a ele que teríamos que fazer a gravação primeiro e B.I.G. entrou na cabine, colocamos os fone de ouvido e nos preparamos para iniciar a gravação.
Então, nós apertamos o grande botão vermelho [em uma máquina Sony 3348] e seguimos adiante. Durante a sua primeira tomada, Dallas e eu olhamos um para o outro, porque estava muito bom. Ouvimos de volta e Dallas estava tipo, “Uau, eu acho que conseguimos.”


Pelo que me lembro, fizemos mais uma tomada, mas estou bastante certo de que acabamos usando a que foi feita por primeiro.


Então, Notorious B.I.G. entra e pergunta se ele pode se encontrar com Michael agora. Entramos em contato com a sala dos fundos, onde Michael estava trabalhando e dissemos que B.I.G. tinha terminado e queria conhecê-lo. Michael chegou e B.I.G. quase caiu em lágrimas…. eu poderia dizer o quanto isso significava para ele. Bem, Michael poderia causar esse efeito em qualquer um, até mesmo sobre os rappers mais durões!


B.I.G. tropeçava em suas palavras e contava para Michael o quanto sua música significava para ele em sua vida.


Michael foi, como sempre, muito humilde e continuou sorrindo, enquanto B.I.G. apenas falava e falava o quanto ele amava Michael. Eu assisti B.I.G. se derreter como manteiga e foi realmente muito doce de se testemunhar. Afinal de contas, todos nós somos apenas pessoas.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s